top of page

Como preparar um azeite canábico

Bem-vindes galera a mais um post desse que é o blog de gastronomia mais chapado da internet! Olha só que beleza, chegou a hora de aprender uma das infusões mais simples e mais queridas da culinária cannábica: o Azeite Canábico! Muito útil e versátil, essa infusão vai elevar o nível das suas receitas canábicas!

Por que infusionar o azeite?


Há muitos bons motivos para a escolha do azeite como base gordurosa para sua infusão. Além de ser um ingrediente saudável, de fácil acesso e muito versátil ( pois, diferente da manteiga, contempla onívoros e veganos), é uma infusão que faz muito pouco cheiro, é fácil, limpa, prática e te permite fazer mais de um tipo ao mesmo tempo.


Uma das coisas mais legais da maconha na culinária é que você pode infusionar o THC, com maior ou menor grau de sucesso, em qualquer tipo de óleo! Gorduras saturadas, como manteiga e óleo de coco, tendem a ter uma absorção maior de THC do que óleos vegetais mais finos, como azeite de oliva ou de abacate, mas essa diferença não é grande e existem outros fatores que entram na hora de escolher a base gordurosa do momento, incluindo versatilidade, aroma, sabor e preço. Levando em consideração todos esses fatores, vamos ensinar aqui uma receita simples e fácil de infusão no azeite de oliva! Com ele podemos fazer molhos para saladas, salsas, molhos frios e quentes, emulsões, massas, pães, doces (sim, doces!) ou até mesmo tomar puro, seja de maneira sublingual ou simplesmente engolindo uma bela colherada!

Como você já sabe, porque leu no texto sobre descarboxilação, você pode usar diferentes formas da maconha para infusões. Podemos fazer um azeite com flores descarboxiladas, mas podemos também utilizar hash ou kief, por exemplo. Infusões com kief, surpreendentemente, não ficam tão fortes, mas a vantagem é que o sabor também não fica tão acentuado. Mas chega de enrolação! Bora para a receita que tá todo mundo ansioso para ficar devidamente medicado.


A receita


Para fazer essa receita você vai precisar de poucas coisas:


  • 10 g de maconha previamente descarboxilada

  • 100 ml (90g) de azeite de oliva

  • um jogo ou panela para banho-maria


Fazer um azeite canábico é muito simples. Depois de descarboxilar a erva, basta juntar os dois ingredientes: coloque a erva descarboxilada em um recipiente, junte o azeite, misture bem para a erva ficar totalmente em contato com o azeite e leve ao fogo em banho-maria por pelo menos 1 hora, no máximo 2 horas (para essa receita, existem variações). O banho-maria, para quem não sabe (alguém não sabe isso? rs), é um método simples de controle de temperatura que permite cozinhar preparações mais delicadas que não podem exceder os 100°C. Isso funciona da seguinte maneira: o ponto de ebulição da água é aproximadamente 100°C. Quando temos uma panela cheia de água fervendo, por exemplo, podemos saber que toda a água está nessa temperatura, porque quando ela passa dessa temperatura, evapora. É por isso que fazemos a infusão em uma panela de banho maria: esse método garante que a preparação nunca ultrapasse a temperatura de 100°C.





Passado o tempo da infusão, retire do fogo e deixe esfriar um pouco antes de passar pela peneira ou, preferencialmente, pelo coador de pano. Algumas escolhas vão definir variações de gosto e potência do seu azeite. Se quiser um azeite mais forte, o ideal é deixar mais tempo no fogo, porém, quanto mais tempo a erva ficar em contato com o azeite, maior será o gosto herbal, aquele sabor forte de clorofila que lembra a grama. Outra escolha está na hora de coar: apertar bem a erva significa extrair o máximo de seus canabinóides e por consequência efeitos, por outro lado aumenta a presença de um sabor desagradável. Cabe a você escolher o que espera de sua infusão.


Azeite aromatizado


Existem muitas variações que podem ser testadas, pois o método de infusionar o azeite é o mesmo que se usa comumente na cozinha para aromatização. Tudo depende de quais são suas intenções para com o azeite. Se você pretende usar em molhos e saladas, por exemplo, uma boa ideia é adicionar dois dentes de alho descascados a sua infusão, ou então alguns ramos de outras ervas, como alecrim, manjericão ou tomilho. Você pode escolher focar em uma só erva (pense em um azeite de maconha e manjericão para regar pizzas, por exemplo) ou criar combinações. Pimenta preta e pimentas frescas também caem muito bem. Se você é vegano e gostaria de usar seu azeite em alguma sobremesa, calma que é possível também! Nesse caso eu recomendo fazer a infusão com uma fava de baunilha junto, por exemplo, ou então com um cravo e um pau de canela. As possibilidades são inúmeras!


O azeite tem duração de até 3 meses guardado na geladeira ou no freezer, mas nunca se esqueça: quanto mais “liso”, ou seja, quanto menos matéria vegetal passar pela peneira e ficar no azeite, menores as chances de ele estragar precocemente, então sempre dê preferência para coadores de pano!


Como sempre, uma infinidade de opções


Agora que o seu azeite está pronto você já pode pensar nas infinitas preparações que você pode fazer com ele! Para vocês não dizerem que eu não dei nem uma mísera receitinha, segue aí uma receita do famoso “dressing” de salada, que nada mais é do que um molho que envolve sua salada (como um vestido? Não sei se a origem semântica é essa, mas sempre gostei de acreditar que sim rs).


Molho de salada simples


⅓ vinagre, vinagre balsâmico ou suco de limão

⅔ azeite canábico

sal e pimenta a gosto





Esse molho clássico é simples e delicioso, capaz de promover qualquer salada em prato principal! Como consiste em uma mistura de base aquosa com óleo, é o que chamamos de emulsão. Você já sabe que água e óleo não se misturam, por isso mantenha seu molho pronto para uso em um pote, mas não se esqueça de agitar bem toda vez que for usar para emulsificar a mistura de novo.

Gostou de aprender mais esse método? Achou que faltou alguma coisa? Comenta aqui embaixo e até o próximo post!


10.474 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.

ver os produtos

bottom of page